terça-feira, março 24, 2015

Março, mês da mulher e da água também.

                                                                                 via

      Durante os últimos meses, tem-se visto nos jornais o quanto a falta de água tem atingido os vários estados do Brasil. É sabido que 40% da população do planeta já sofre as consequências da falta de água.
    O estado brasileiro que mais tem tido evidência nos noticiários, é São Paulo. Uma região que há pouco tempo era alvo de enchentes e acidentes causados pelas fortes chuvas, hoje sofre com a falta de água. Alguns entrevistados afirmam que ficam até um mês sem água na torneira, e até uma semana sem tomar um bom banho, podendo fazer apenas pequenos asseios.
    Só se ouve que a culpa disso tudo, é diminuição drástica de chuvas. Por que não choveu mais como antes, a água acabou. Será se a culpa é mesmo da natureza? Ou foi o mal uso da água? A maioria da população ainda tem o pensamento de que podem desmatar, desperdiçar água, que tudo ficará bem. Que a natureza é um poço infinito e nunca acabará os recursos naturais.

    O pior de tudo, é que somos alertados desde criança a cuidar e respeitar a natureza. Mas, mesmo assim, os maus hábitos ainda predominam a sociedade. Foi preciso sentir sede para que os paulistanos aprendessem a economizar água, e esse problema abrange todo o mundo. Isso afeta a subjetividade das pessoas através do arrependimento, da amargura de não ter agido de forma correta e agora sofrer as consequências.

    Água e alimento supri as necessidades básicas de um ser humano, ficar sem um dos dois faz com que qualquer um se desespere e se sinta perdido e sem dignidade humana. Diante dos exemplos que vemos é preciso que tememos uma atitude emergente, ou então, o futuro é incerto.
   

                                                                        

0 comentários:

Postar um comentário

© Rabiscos de Tudo 2012 | Blogger Template by Enny Law - Ngetik Dot Com - Nulis